Curso preparatório para a 1ª fase do XXXII Exame de Ordem

Venham se preparar forte para a próxima OAB

publicado em 16/03/2020 às 08h43
Quando a OAB vai se manifestar sobre o adiamento ou não da 2ª fase?

Enquanto o coronavírus avança e diversos governos estaduais tomam medidas para evitar a disseminação da doença, a pergunta recorrente dos examinandos é bem simples: quando a OAB vai anunciar o que vai acontecer com a prova da 2ª fase?

Teremos ou não um adiamento?

A pergunta, claro, é extremamente importante, pois afeta diretamente o planejamento dos estudos de todos.

Pois bem!

Estamos a 20 dias da prova da 2ª fase do XXXI Exame de Ordem. Até agora NENHUMA unidade da federação criou restrições que fossem além de 15 dias em escolas e faculdades, exatamente os locais onde as provas são aplicadas.

Segue um link com o quadro atualizado de todas as retrições até agora impostas nas diferentes unidades da federação:

Coronavírus: como será a segunda-feira em cada estado após medidas para conter a pandemia

Esses 15 dias representam, na prática, um período de avaliação da epidemia e de suas consequências. Se a situação se estabilizar, transcorrido este período, novas interdições não devem ser aplicadas.

Contudo, caso haja uma expansão na quantidade de pessoas infectadas, inevitavelmente as retrições terão continuidade.

Eu acredito que a OAB vai esperar a semana que antecede a prova para se manifestar, e isso por um motivo bem simples: o custo de um adiamento.

Adiar a aplicação da prova obviamente vai custar dinheiro FGV, e a Fundação (e nem ninguém) quer ter prejuízo em seus negócios.

A Ordem, portanto, tende a esperar até a semana que antecede a prova exatamente para sentir como se dará a progressão da doença e, claro, verificar a viabilidade da aplicação do Exame.

E aqui temos um ponto de grande importância: está completamente fora do controle da OAB e da FGV eventuais restrições impostas por governos estaduais.

A Ordem pode querer aplicar a prova mas também pode encontrar obstáculos em decretos estaduais, o que a deixaria de mãos atadas. Assim, seria obrigada a adiar a prova mesmo contra a sua vontade.

É altíssima a probabilidade de adiamento, especialmente em função das previsões feitas por especialistas:

El País - Comportamento do coronavírus no calor é chave para previsões sobre seu controle

Exame - Estado de SP projeta 460 mil infectados por coronavírus nos próximos meses

Jovem Pan - Rio de Janeiro prevê epidemia do coronavírus em abril; 10 mil casos devem ser confirmados

Por outro lado, não dá para fazer nenhuma previsão de quando essa situação toda será superada.

Por isso é INDISPENSÁVEL que todos os examinandos, seja os que farão a próxima 2ª fase como os que estão mirando na prova do XXXII Exame de Ordem, mantenham seu FOCO!

Estudem para suas provas considerando as datas já conhecidas, ou seja, 05 de abril para a 2ª fase do XXXI Exame e 14 de junho para a 1ª fase do XXXII Exame.

Eventual adiamento poderá sim afetar a 1ª fase, tal como ocorreu em 2018, após a greve dos caminhoneiros, mas é extremamente prematuro afirmar isso agora.

Em suma: a partir de agora tudo depende de como o vírus irá se difundir entre a população. Se houver uma expansão, será difícil evitar o adiamento. Do contrário, vocês têm de estar prontos.

Quaisquer novidades venho informá-los aqui.



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM