publicado em 05/10/2020 às 10h00
Provas de concursos começam a ser aplicadas no país

Neste final de semana dois concursos públicos foram realizados no país. Foram aplicadas provas para candidatos do concurso do IJF (Hospital Instituto Dr. José Frota), em Fortaleza, e para candidatos da seleção nacional da ESA (Escola de Sargentos das Armas) em vários estados do país.

As duas provas ocorreram mediante a adoção de protocolos rígidos de segurança para minimizar o risco de contaminação pela Covid-19, como aferição de temperatura, desinfecção de salas, banheiros, pátios e todos os demais locais de circulação, além da exigência do uso de máscara durante todo o tempo de permanência no local de prova.

Provas de concursos começam a ser aplicadas no país  Provas de concursos começam a ser aplicadas no país

Processo de descontaminação das instalações da Faculdade Novo Milênio e, Vila Veha/ES (Foto: 38º Batalhão de Infantaria)

Este é um bom indicativo de que poderemos ter a prova da OAB em dezembro sem medo de um novo adiamento. Seguindo as medidas de segurança determinadas pelas secretarias de saúde, necessárias para evitar proliferação do vírus, será possível dar continuidade ao cronograma previsto.

Isso significa que é bastante plausível a possibilidade da primeira fase do XXXII Exame de Ordem ocorrer logo no início de 2021.

Apesar de ser uma boa notícia, um dos problemas relatados por um dos candidatos do concurso do Hospital em Fortaleza confirma a dificuldade em permanecer durante o período da prova com a máscara de proteção. O psicólogo João Castelo Martins, de 25 anos, disse que o maior problema é o uso de máscara neste período em que as temperaturas estão bastante elevadas, o que acaba prejudicando a concenração durante a prova.

E como amenizar esse desconforto durante a prova?

O uso obrigatório de máscara de proteção, em função da pandemia do novo coronavírus, é uma realidade e vem se mostrando um desafio para todos, especialmente para pessoas que possuem algum tipo de problema respiratório, sendo ainda mais difícil respirar adequadamente quando usam algum tipo de "bloqueio" na boca e no nariz.

Provas de concursos começam a ser aplicadas no país

Curso Completo para XXXII Exame de Ordem - 1ª Fase da OAB

E aqui surge um problema para quem vai fazer a prova da OAB: o uso da máscara de proteção dentro de uma sala fechada por 5 horas se apresenta como um desafio.

Recentemente escrevi um texto aqui no blog falando sobre a importância de fazer o simulado de máscara como forma de testar a capacidade de cada um em usar a máscara no dia da prova e evitar surpresas.

Compensa fazer simulado com máscara como treino para a próxima OAB?

Pois bem!

A ansiedade no dia da prova afeta o emocional de quase todos os candidatos, e a máscara tem o potencial de atrapalhar o desempenho, pois pode, de fato, afetar a concentração.

Nestes casos, os candidatos devem optar por máscaras de proteção feitas com materiais mais finos, que sejam eficientes na proteção, mas que possibilitem um melhor fluxo de respiração.

Uma das dicas que já dei aqui foi em relação ao uso de máscaras feitas de tecido grosso que, apesar de eficientes, tem um grau de bloqueio muito maior se comparadas às máscaras cirúrgicas, por exemplo. E isso causa um imenso desconforto, podendo até impedir que o candidato consiga terminar a prova.

Por isso é de suma importância que vocês escolham uma máscara feita de um bom material, mais fino, que permita um bom fluxo de ar, mas que efetivamente proporcione proteção enquanto permanecerem no local de prova.

O mais importante é que a realização do Exame de Ordem começa a se tornar real e a possibilidade de não ser adiada novamente é bastante grande. Ou seja, é bem provável que teremos a prova em dezembro!

Por esta razão vocês devem estar preparados para evitar surpresas e frustrações.

 



FIQUE POR DENTRO
RECOMENDAÇÕES DO BLOG

Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM