publicado em 27/09/2017 às 15h57
MPF arquiva denúncia de fraude no XXIII Exame de Ordem

No dia seguinte ao da última prova surgiu a controvérsia sobre uma fraude no XXIII Exame de Ordem. Candidatos alegaram que um dos envelopes da prova objetiva encontrava-se violado quando entregue aos candidatos.

Examinandos entraram com representações pedindo o cancelamento e a definição de uma nova data para a realização da prova.

Candidata denuncia possível fraude

A celeuma teve início após a imagem da representação de uma das candidatas vazar em um grupo de WhatsApp. O fato se deu na sala 36 do Centro Universitário Maurício de Nassau, em Maceió, onde candidatos constataram que o saco onde as provas estavam contidas se encontrava aberto.

Entretanto, após mais de dois meses do fato, o MPF/AL decidiu pelo arquivamento da representação.

Confiram o despacho.

Fraude no XXIII Exame de Ordem:
fraude no XXIII Exame de Ordem fraude no XXIII Exame de Ordem fraude no XXIII Exame de Ordem fraude no XXIII Exame de Ordem fraude no XXIII Exame de Ordem fraude no XXIII Exame de Ordem fraude no XXIII Exame de Ordem fraude no XXIII Exame de Ordem



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM