publicado em 07/03/2019 às 16h43
Está terminando o tempo extra de estudo para a repescagem

Quem ficou para o reaproveitamento tem como tempo extra de preparação para a repescagem apenas a próxima semana. Passado este tempo, terá o mesmo tempo de preparação comparado com os candidatos que serão aprovados na próxima prova objetiva.

Essa vantagem temporal é muito importante para quem anseia superar as limitações que geraram a reprovação na última 2ª fase, em especial no processo de identificação das deficiências e, claro, no treinamento na resolução de peças e de questões.

Repescagem: pontos fundamentais para a preparação!

IMPORTANTE: Após a divulgação do novo calendário do Exame de Ordem, os candidatos terão tão somente 7 semanas de preparação, sendo que o tempo nas edições anteriores costumava ser de 2 meses. Essa semana de prejuízo é bem significativa.

Como já escrevi antes, as estatísticas mostram que, na média, os candidatos da repescagem têm um desempenho pior do que os candidatos aprovados na 1ª fase, e isso deve ter uma razão muito em específico.

O candidato identificou corretamente a peça? Sua redação guardou correlação com o espelho? O raciocínio jurídico foi fluído, coerente? A gestão do tempo foi a correta?

O tempo extra de preparação para a repescagem serve exatamente para se corrigir esses tipos de falhas.

E aí que está um grande problema: a não utilização deste tempo extra.

Um tempo maior de estudo permite aos candidatos da repescagem um treino diferenciado, tanto em amplitude com em profundidade. Todo o conteúdo poderá ser esgotado. Aliás, em função do fato de já terem saído da preparação para a 2ª fase, com o conteúdo fresco na cabeça, os pontos fracos poderão ser também trabalhados com mais afinco.

Whatsapp do Blog - 61-99314.4383

Mas ele, o tempo, precisa ser aproveitado, e precisa porque com ele as deficiências tendem a serem encontradas e debeladas.

E mais do que isso: é um tempo para se fazer uma autocrítica séria. Por mais que a FGV tenha culpa no processo de correção, tentar ajustar a própria redação ao que é a redação do espelho, em seu sentido e lógica, ajudará muito no futuro na hora da correção.

Nós sabemos que os corretores da FGV tentam enxergar na peça e questões o que é o espelho, e ajustar a redação neste sentido seria uma grande ideia e uma prática bem desejável.

Fazer isso com o tempo extra de preparação para a repescagem representa, considerando o atual contexto, uma excelente prática e um diferencial que justifica a própria existência da repescagem.

Considerando isto, o JUS21 já lançou seus cursos para a repescagem do XXVIII Exame de Ordem! Muitos candidatos já anseiam estudar para a próxima prova subjetiva, estruturando a preparação com bastante antecedência.

As aulas do JUS21 para Repescagem são ESPECÍFICAS para a 2ª fase do XXVIII Exame da OAB.

Repescagem da 2ª fase Direito Penal - Geovane Moraes, Luiz Carlos e Renato Fazio

Repescagem da 2ª fase Direito do Trabalho - Schamkypou Bezerra

Repescagem da 2ª fase Direito ConstitucionalRodrigo Rabello e Raphael Rosa Romero

Repescagem da 2ª fase Direito Administrativo - André Albuquerque

Incluindo aí 4 simulados com correção INDIVIDUALIZADA de peças e questões.

O conteúdo programático foi todo pensado para proporcionar o melhor ENFOQUE PEDAGÓGICO, tornando a compreensão do conteúdo muito melhor, o que aumentará a qualidade do aprendizado e, claro, a apreensão do conteúdo.

Aproveitem essa chance e preparem-se de forma completa e aprofundada para a próxima prova subjetiva!

Lembrem-se: quanto antes a preparação iniciar, melhor, pois assim o conteúdo pode ser integralmente esgotado e estudado.



Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM