Intensivo OAB - A preparação certa para a reta final

Hora de avaliar os conhecimentos

publicado em 16/06/2020 às 13h44
Candidatos levam em média 3 edições do Exame da OAB para serem aprovados

Recentemente a FGV atualizou as estatísticas do Exame de Ordem e apresentou a dinâmica de aprovação dos candidatos na prova da OAB.

Esse controle é feito pela FGV e nos permite ter uma ideia do desempenho médio dos candidatos ao longo das edições.

E, claro, com o conhecimento da média do desempenho dos examinandos permite uma análise sobre o que fazer para não entrar no lado ruim das estatísticas.

Segundo a FGV, há uma relação inversa entre a taxa de aprovação e o número de participações de cada examinando no Exame.

Cadastre-se no Telegram do Blog.

Cadastre-se no Whatsapp do Blog.

Em 28 edições do Exame de Ordem Unificado a média de inscrições - avaliadas por CPF - foi de 3,28 por cada examinando. Isso significa dizer que aproximadamente 30% dos candidatos estão indo fazer a prova pela 1ª vez.

Vejam primeiro os percentuais oficiais de aprovação ao longo das edições do Exame Unificado, até o XXIX Exame: 

Candidatos levam em média 3 edições do Exame da OAB para serem aprovados

Segundo a análise da FGV, o percentual de candidatos aprovados na primeira tentativa guardaria correlação com uma melhor formação acadêmica.

O tempo de preparação para a próxima 1ª fase da OAB

Candidatos com mais tentativas teriam, em tese uma formação não tão boa na graduação, daí a necessidade de mais tentativas.

Candidatos levam em média 3 edições do Exame da OAB para serem aprovados

Essa afirmativa, é claro, não reflete integralmente a realidade. Muitos candidatos sucubem pelas mais diversas razões, como o impacto emocional, erros na formulação da prova, enunciados por vezes confusos e outras causas.

Por outro lado, de fato, na média o melhor desempenho está vinculado a uma melhor preparação na graduação.

 

Candidatos levam em média 3 edições do Exame da OAB para serem aprovados

Percebe-se nas imagens acima que foram necessárias até três tentativas para cerca de 75%
dos aprovados na segunda fase (489.066 examinandos).

Nesses 75% estão incluídos os 262.479 examinandos que obtiveram aprovação já na primeira tentativa, ou seja, aproximadamente 40% do total de aprovados. 

E como isso pode influenciar na preparação de vocês?

As estatísticas mostram, evidentemente, o destino do universo dos candidatos, mas ainda assim não é determinante para consolidar a imagem do Exame de Ordem como uma prova muito difícil.

Seu método de estudo é eficiente?

Quais disciplinas da 1ª fase da OAB tem a melhor relação custo x benefício?

Considerem nos dados acima o universo de candidatos que não estudou direito. Ou os candidatos que sequer estudaram de verdade. Os que têm uma metodologia de estudo ruim, a ausência de um simples cronograma ou material de estudo (livros ou aulas) fracos.

As estatísticas mostram os números e também geram uma constatação elementar: basta se programar direito em sua preparação, e de fato se dedicar aos estudos, que a aprovação vem ANTES e não DEPOIS.



FIQUE POR DENTRO
RECOMENDAÇÕES DO BLOG

Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM