Aniversário JUS21 - 35% de desconto em todo o site

Aniversário JUS21 - 35% de desconto em todo o site

publicado em 17/12/2018 às 10h22
Anulações: amanhã será o dia da VERDADE!

Reta final para um momento DECISIVO dentro do XXVII Exame de Ordem: amanhã a FGV divulgará se teremos ou não anulações na 1ª fase.

Para quem não sabe, a véspera da divulgação, sempre, é o dia em que o martelo é batido. No nosso caso, isso acontece HOJE!!! A decisão é quase sempre tomada na véspera em conformidade com o calendário de execução do Exame de Ordem.

Este calendário tem o fluxograma de realização do Exame ao longo do ano, com todas as datas de execução do Exame de Ordem.

Quem ainda não fez pode ser inscrever e fazer o 1º simulado para o XXVIII Exame de Ordem:

1º Simulado para o XXVIII Exame de Ordem

Após TODAS as edições do Exame de Ordem Unificado, que acompanho desde 2007, não foi difícil constatar que os recursos dos cursos preparatórios não funcionam muito bem. Em quase todas as edições passadas falhas terríveis em questões não eram combatidas pela OAB, frustrando os candidatos.

E como funciona as anulações? Sabemos que a coordenação do Exame se reúne e delibera sobre um apanhado de razões jurídicas levantadas pela FGV, com a indicação dos argumentos jurídicos que sustentam tecnicamente as questões.

Na prática os recursos para cada questão são iguais, ao menos nas razões jurídicas das fundamentações. É feita uma compilação das razões e elas são apresentadas para a coordenação. Esta delibera então, em um único dia, sobre quais serão anuladas.

 Vejamos o histórico de anulações:

 

O percentual de aprovação foi baixo, mas mesmo assim, após o XXIII Exame de Ordem, isso não representa mais um impeditivo ou não para as anulações. Percentuais de reprovação não influenciam mais a banca.

XXVII Exame de Ordem: 3ª pior prova de todos os tempos!

Infelizmente há muito tempo as anulações não guardam correlação direta com as falhas e vícios nas questões impugnadas. Seria muito fácil para todos se as questões que apontamos como erradas fossem anuladas, mas basta ver o histórico de anulações para perceber uma lógica meio perversa quando este é o assunto.

Em todas as edições do Exame em que não tivemos anulações foram elaborados recursos de qualidade, consistentes e tecnicamente corretos, e, ainda assim, a Ordem não foi sensibilizada. Tudo isso para a nossa frustração e inconformismo.

 

 

Neste momento quem está na espera do resultado precisa rezar, e muito, para a banca ser indulgente.

No atual contexto, se apenas uma questão for anulada, eu consideraria como algo muito bom!

Amanhã, quando as anuladas da OAB forem divulgadas, ou não, saberemos a verdade da deliberação de hoje.

Preparem seus corações!



FIQUE POR DENTRO
RECOMENDAÇÕES DO BLOG

Cursos, Treinamentos & Produtos

11 ANOS DO
BLOG EXAME DE ORDEM