Anulação de Questões Resultados

O tamanho da lambança!

o tamanho da lambança - reaplicação da prova da 2ª fase

Vamos ao que estou sabendo:

1 – Muitos candidatos, muitos mesmo, receberam os espelho da reaplicação da prova da 2ª fase em Porto Velho, do XX Exame;

2 – Destes, alguns reprovaram e outros foram aprovados;

3 – Muitos candidatos estão reclamando que tomaram ZERO em suas provas mesmo tendo acertado a peça, e tomaram zero porque o espelho que usaram para corrigir suas provas foi exatamente o de Porto Velho;

4 – Alguns candidatos (em uma quantidade menor) estão relatando que tiraram zero na peça e foram APROVADOS! Resta saber se foram aprovados de forma errônea ou se trata de uma troca de espelho no sistema.

5 – O problema é generalizado e ocorreu em todas as disciplinas, sem exceções.

O que eu acho:

1 – Acredito que a lista publicada será MANTIDA. Quem foi aprovado só pode ter sido aprovado se teve sua prova corrigida com o espelho certo. Impossível alguém ser aprovado tendo sua prova corrigida com um espelho equivocado. Seria CATASTRÓFICO um candidato ser formalmente aprovado e depois reprovado por conta desta falha. Podem ter a certeza de que seria a PIOR guerra que a OAB e a FGV comprariam para si em todos os tempos. Pior mesmo do que a fraude no Exame 2009.3;

2 – Não há a menor condição do prazo recursal ser aberto amanhã! Como um candidato vai recorrer usando um espelho que não é o da sua prova. Ou a FGV arruma o sistema integralmente ainda hoje ou um adiamento do prazo é inevitável;

3 – Evidentemente, TODOS os reprovados precisam ficar calmos. Uma reavaliação das provas é inevitável, especialmente para quem foi reprovado por ter sua prova corrigida com um espelho equivocado.

4 – Não é caso de anulação de toda a 2ª fase. As provas foram aplicadas corretamente, “apenas” as correções foram problemáticas. Se o problema foi nas correções, então que se corrija de novo, onde couber.

Deixa-me profundamente admirado, mas profundamente mesmo, o caso dos candidatos que tiveram suas provas corrigidas com o espelho da prova de Porto Velho. Se isso for mesmo verdade, esses corretores são piores do que robôs! Não leram a prova? Não sabem do que se trata? Não têm juízo crítico?

De uma forma ou de outra, SEGURAMENTE é a pior lambança da história do Exame de Ordem. É uma vergonha a coisa chegar ao ponto de colocar sob ameaça a lista de aprovados.

Isso é amadorismo, falta de compromisso e irresponsabilidade no mais alto grau!

Arrecadaram 34 milhões de reais nesta edição para isto?

Uma vergonha para o Exame de Ordem!

A OAB deve levantar as mãos para os céus e agradecer que o Eduardo Cunha caiu em desgraça, pois esse episódio nas mãos dele representaria uma ameaça para o Exame.

Um problema verdadeiramente incompreensível.

Certamente a Ordem deve soltar algum comunicado ainda hoje, ou, no mais tardar, na manhã de amanhã.

Só Jesus na causa mesmo.

Maurício Gieseler

Advogado em Brasília (DF), este blog é focado nas questões que envolvem o Exame Nacional da OAB, divulgando informações e matérias atualizadas, além de editoriais, artigos de opinião e manifestações que dizem respeito ao tema. Colocamos, também, a disposição de nossos visitantes provas, gabaritos, dicas, análises críticas, sugestões e orientações para quem pretende enfrentar o certame. Tudo sobre o Exame de Ordem você encontra aqui.

Newsletter