Advocacia

Curso profissionalizante de Paralegal: a OAB não vai fazer nada?

Curso profissionalizante de Paralegal

Pois é! Quando você pensa que a discussão em torno da figura do paralegal havia finalmente acabado, ela volta para assombrar os jovens advogados.

Assombrar e impressionar, pois até hoje eu não consigo entender como um paralegal consegue entrar no mercado de trabalho se é possível contratar jovens advogados por valores muito, mas muito baixos. Ou mesmo sendo possível contratar bacharéis que ainda não passaram no Exame. Quem se interessaria contratar alguém com apenas um curso técnico, sem a devida formação jurídica?

Mesmo com essa dúvida o mercado de cursos técnicos para paralegais segue firme e forte:

E ainda temos um outro problema: e se a quantidade de paralegais crescer a um ponto em que estes passem a demandar por direitos tais como os advogados?

Se não era impossível requerer o fim do Exame de Ordem, como por muito tempo isso aconteceu, não é impossível também os paralegais montarem uma associação e conseguirem o apoio de um ou mais parlamentares.

Lembro-me que a OAB brigou para retirar esse curso do Pronatec, mas até hoje ela não enfrentou cursos preparatórios privados que ofertam o curso para paralegais.

Ou seja: a OAB não está se desincumbindo direito de sua missão e atribuições.

Maurício Gieseler

Advogado em Brasília (DF), este blog é focado nas questões que envolvem o Exame Nacional da OAB, divulgando informações e matérias atualizadas, além de editoriais, artigos de opinião e manifestações que dizem respeito ao tema. Colocamos, também, a disposição de nossos visitantes provas, gabaritos, dicas, análises críticas, sugestões e orientações para quem pretende enfrentar o certame. Tudo sobre o Exame de Ordem você encontra aqui.

Newsletter